Policial militar não resiste aos ferimentos e morre na Santa Casa
13 de novembro de 2017
Policial militar é sepultado no Cemitério de Barra Mansa
13 de novembro de 2017

Samuca visita obras de rede de abastamento de água em Três Poços

Serão três quilômetros de rede; investimento é de R$ 1 milhão
O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, visitou na manhã desta segunda-feira, dia 13, as obras da nova rede de abastecimento de água do bairro Vila Rica-Três Poços. São três quilômetros de rede para uma região com 15 mil moradores. Orçada em quase R$ 1 milhão com recursos próprios do Saae VR (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Volta Redonda), os trabalhos devem terminar no final de janeiro de 2018, segundo a empresa responsável pelas obras.

Com o término da construção, a rede de Três Poços será independente a do bairro Água Limpa. O que, segundo os técnicos do Saae, vai sanar a falta de abastecimento de água, um antigo problema enfrentado pela comunidade, principalmente no período de verão.

Estamos corrigindo um erro histórico de abastecimento de água. Antes, a mesma rede abastecia os dois bairros. Agora, serão independentes como sempre deveria ter sido. Isso demonstra o respeito que estamos tendo com a população e com o dinheiro público, frisou Samuca Silva, que foi acompanhado pelo diretor executivo do Saae, José Geraldo Santos, o Zeca, e assessores especiais.

A obra começou na altura da empresa Cibal e vai até a Rua Votorantim, passando pela Avenida Paulo Erley Abrantes. O trânsito não será afetado, conforme garantiu os responsáveis pela obra. A segunda etapa do investimento será a construção de um reservatório com a capacidade de um milhão de litros. Ele será instalado num morro na altura do ginásio poliesportivo Heth Lustosa Bastos. Neste caso, as obras começarão em 2018, o que vai possibilitar que a água chegue com maior pressão às residências da região.

Será pela força da gravidade. Por isso, escolhemos o morro mais alto da região para instalar o reservatório. Em caso de emergência, o reservatório terá a capacidade de abastecer a região por, pelo menos, três dias, disse o Zeca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Responda a pergunta... *